A importância do café da manhã

18/nov/2021 | 0 Comentários

Você sabia que o café da manhã representa 20 a 25% das calorias diárias que consumimos?

Mesmo dormindo o nosso corpo continua gastando energia, por isso é importante você ter atenção aos alimentos que serão consumidos para repor essa carga perdida.

O que acontece é que o corpo gasta de 40 a 60 kcal por hora – enquanto estamos dormindo – e para fazer isso, ele utiliza reservas corporais de nutrientes. Portanto, quando despertamos, precisamos recarregar essa energia que foi gasta durante o sono.

Mas então como devemos nos alimentar para suprir essa falta de ânimo pela manhã?

Para que você saiba o que comer e qual a importância do café da manhã, criamos este artigo relatando os benefícios para a saúde, e quais as consequências de pular essa refeição.

Então continue a leitura para saber mais.

Por que o café da manhã é a refeição mais importante do dia?

O café da manhã é considerado uma das refeições mais importantes do dia, pois é ele quem vai quebrar o desjejum.

Mesmo assim, algumas pessoas pulam o café da manhã, achando que ele não é tão essencial. Mas de acordo com especialista, começar o dia sem uma alimentação adequada pode reduzir em até 30% o rendimento das atividades durante o dia, como se exercitar, estudar e trabalhar.

Enquanto estamos dormindo, o nosso corpo continua trabalhando para manter suas funções básicas, como respiração e circulação. Essa ação elimina radicais livres, entre outras toxinas que são produzidas durante o dia.

Portanto, para ajudar nesse processo de desintoxicação que é feito durante a noite – e para dar energia ao organismo que passou a noite toda trabalhando – você deve se alimentar bem, com uma refeição que supra, todos os nutrientes e energia perdida no decorrer.

Se alimentando bem, logo na primeira refeição do dia, você pode trazer muitos benefícios para a sua saúde e até mesmo para a sua rotina. Veja abaixo.

Benefícios do café da manhã

  • Fornece energia: Com um cardápio nutritivo e com escolhas de alimentos de vários grupos diferentes, você terá toda a energia que precisa para repor, e assim, começar o dia;
  • Acelera o metabolismo: Enquanto estamos dormindo o metabolismo funciona bem devagar, quando você toma seu café da manhã, ele acelera e regula o funcionamento do organismo;
  • Ajuda a perder peso: Ao ficar sem comer até o horário do almoço, pode fazer com que você fique com mais fome e acabe descontando tudo de uma vez só, consumindo mais calorias do que deveria;
  • Maior concentração: Quando você pula o café da manhã, você realiza atividades rotineiras com fome e isso pode tirar seu foco. Fazendo o desjejum, você fornece energia para o cérebro também;
  • Evita o mau humor: Sem o desjejum matinal você corre o risco de ficar cansado, desmotivado e indisposto mais rápido.

Confira: 6 Receitas para o café da manhã com pasta de amendoim

Pular o café da manhã faz mal?

Mulher recusando tostada

Mesmo o desjejum fazendo tão bem a saúde, tem uma grande parcela da população que ainda não têm o hábito de segui-lo à risca. De acordo com um estudo, cerca de 45% da população não toma café da manhã de uma forma adequada.

E segundo uma pesquisa realizada pela Nestlé, 17% dos entrevistados, relataram que não o fazem por falta de tempo.

Quando pulamos o café da manhã, podemos trazer mal-estar físico como:

  • Dores de cabeças;
  • Tonturas;
  • Fraquezas;
  • Náuseas;
  • Desmaios;
  • Palidez.

Além desses sintomas, pular o café da manhã pode causar alterações no humor, na concentração e na memória.

Outro fator que também deve ser lembrado é a importância do café da manhã na educação infantil. Segundo um estudo publicado pela International Journal of Obesity, crianças que pulam o café da manhã, têm chances maiores de desenvolver sobrepeso e obesidade.

Acompanhe abaixo, outras consequências em pular o café da manhã.

Consequências de pular o café da manhã

  • Causa mal estar: Enquanto dormimos, acontecem algumas alterações na glicemia. Quando realizamos o desjejum o nível de açúcar no sangue é ajustado, evitando que você sinta enjoos, tontura e mal estar. Além do mais – ao pular o café da manhã – você também pode sentir cansaço corporal mesmo depois de uma boa noite de sono;
  • Aumento de peso: segundo especialistas, graças aos reflexos das adaptações evolutivas, nosso corpo tem um mecanismo de defesa. Isso significa que o organismo poupa reservas de energias – como gordura – para momentos de escassez. Ou seja, quando você pula uma alimentação o corpo emite um sinal, que precisa diminuir a velocidade do metabolismo para poupar energia e continuar funcionando;
  • Intensifica a vontade de comer alimentos calóricos: para suprir a falta do café da manhã, o corpo passa a pedir mais energia. E como estamos ansiosos para comer logo – devido a fome – optamos por alimentos industrializados e ultraprocessados, entres outros doces, frituras e guloseimas que são mais acessíveis e fáceis de comer, já que não exige uma preparação demorada;
  • Eleva o colesterol: Quando você não acelera o metabolismo – ao se alimentar pela manhã – estimula a produção do colesterol ruim (LDL), fazendo com que a gordura fique acumulada nas artérias, aumentando o risco de doenças cardíacas.

O que é recomendado comer no café da manhã

O que não pode faltar no café da manhã são alimentos com vitaminas, minerais e antioxidantes para ajudar a suprir esse gasto de energia que aconteceu durante a noite.

Além do corpo trabalhar para manter suas funções básicas, durante a noite também acontece a queima de gordura e a construção de células. E o que mantém o organismo trabalhando é a queima de glicose.

Portanto, quando despertamos o nível de glicose estará bem baixo e está reposição é feita através da alimentação. Por isso é importante você escolher alimentos saudáveis e que atendam a necessidade do corpo.

Para saber o que comer no café da manhã é recomendado que a refeição seja composta por quatro grupos alimentares: frutas, cereais integrais, laticínios e gorduras saudáveis como óleo de coco, azeite e oleaginosas.

O que não pode faltar no café da manhã

Prato com frutas e um garfo com frutas

Para um café da manhã ideal é necessário comer um pouco de cada grupo alimentar que contenham proteínas, carboidratos, fibras e gorduras boas. Para encontrar esses nutrientes, você pode ver as seguintes sugestões.

1. Frutas no café da manhã

As frutas vão proporcionar vitaminas e minerais importantes para o funcionamento do organismo. Algumas fornecem carboidratos, compostos bioativos, fibras e ação antioxidante que diminui o inchaço.

Acrescentar frutas no café da manhã proporciona saciedade, regula o intestino, além de promover hidratação.

Quais frutas comer no café da manhã?

  • Banana;
  • Maçã;
  • Abacaxi;
  • Limão;
  • Abacate;
  • Morango;
  • Kiwi.

Leia também: Frutas: Os benefícios de consumi-las diariamente

2. Grãos e cereais integrais no café da manhã

Grãos e cereais caem muito bem na primeira refeição do dia. Muitos deles apresentam carboidratos de baixo índice glicêmico, gorduras boas (insaturadas) e aminoácidos essenciais.

Esse conjunto fornece muitos benefícios para o funcionamento do organismo, como diminuição do colesterol ruim (LDL), redução de inflamações, e ajuda no funcionamento do intestino.

Uma alimentação à base de trigo e de outros cereais fornece energia para o decorrer do dia.

Exemplos de grãos e cereais integrais que podem ser adicionados:

  • Linhaça;
  • Granola;
  • Chia;
  • Amendoim;
  • Quinoa;
  • Aveia.

Outra forma de acrescentar o amendoim no seu café da manhã, é utilizando a pasta de amendoim na versão integral.

Faça o mesmo quando for consumir pães, bolos e biscoitos, e prefira as versões integrais para que você garanta os nutrientes necessários.

Leia também: O que um alimento precisa para ser considerado integral?

3. Laticínios no café da manhã

Para um bom café da manhã é essencial a presença de proteínas, e você pode encontrá-las inclusive no leite desnatado, leite de soja, iogurte, além de ovos e queijos magros.

A proteína ajuda na formação de anticorpos, enzimas e hormônios. Ela também é muito procurada pelos praticantes de exercícios físicos para aumentar a massa muscular, já que uma das funções da proteína é construir e recuperar o músculo.

Além do mais, os laticínios são as principais fontes de cálcio, que auxiliam na manutenção de ossos e dentes, além de atuar na coagulação sanguínea e no controle de câimbras.

4. Gorduras saudáveis

Incluir gorduras saudáveis no preparo das refeições pode colaborar para o aumento da imunidade e para a saúde como um todo.

Alimentos desse tipo contém gordura monoinsaturadas e fibras que auxiliam na eliminação de toxinas, além de reduzir o colesterol ruim e aumentar o colesterol bom.

Você pode encontrar gorduras saudáveis em:

  • Oleaginosa (como amendoim, castanhas-do-Pará, macadâmia, nozes e amêndoas);
  • Óleo de coco extra virgem;
  • Azeite de oliva extra virgem.

Portanto, ao invés de utilizar óleo comum, ou manteiga para fritar ou até mesmo preparar uma refeição, substitua por uma das opções acima, para garantir que seu prato seja saudável.

Leia também: Gorduras ruins: Onde estão?

Conclusão sobre a importância do café da manhã

Para ter um café da manhã completo, precisamos variar aquilo que comemos. Não podemos nos apegar somente a um tipo de refeição e alimento, e depois desejar resultados distintos.

Devido ao tempo que ficamos de jejum enquanto dormimos, devemos dar mais prioridade para a primeira refeição do dia. Portanto, é recomendado que se tome o café da manhã – no máximo – uma hora após o despertar.

E devemos garantir que essa refeição contará com vitaminas e antioxidantes, entre outros nutrientes citados aqui, para que seu dia seja produtivo e cheio de energia.

E você já conhecia a importância do café da manhã? Qual desses alimentos é o seu preferido? Conta pra gente nos comentários!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.